Prezados,

 

Desculpem-nos o transtorno. Nosso site está em manutenção.

Para conhecer um pouco mais sobre nossas ações acessem:

http://arteematematicafurg.blogspot.com

 

 

Em breve teremos um novo site para divulgação de nossas ações.

No dia 17 de julho, no turno da manhã, a equipe do Projeto Arte e Matemática/ GEIAM realizou atividade de formação continuada com professores da Escola Estadual de Ensino Médio Augusto Duprat. Com o título de “Arte e Matemática: possibilidades interdisciplinares na formação continuada de professores” a atividade contou com a participação de 15 professores de diferentes áreas do conhecimento, os quais compartilharam saberes sobre o tema interdisciplinaridade e sobre as possibilidades do trabalho por meio desta metodologia. Na ocasião, foram abordados diversos conceitos que convergiam ao tema interdisciplinar de forma teórica e prática por meio da discussão sobre o tema e também na construção de caleidosciclos. A atividade fez parte da jornada pedagógica da escola, como parte integrante da semana de formação continuada dos professores.

O Subcoordenador do projeto, Tiago Dziekaniak Figueiredo apresentou na tarde do dia 16 de julho de 2012 o trabalho intitulado “Possibilidades de aprendizagens interdisciplinares no contexto do projeto Arte e Matemática” no 11º Encontro sobre o Poder Escolar – 5º Encontro Internacional sobre o Poder Escolar – 12º Seminário Interinstitucional de Educação, realizado entre os dias 16 e 19 de julho de 2012 na cidade de Pelotas/RS.

O trabalho descreveu as ações do projeto desenvolvidas no ao de 2011 e mostrou apontamentos da continuidade do mesmo no ano de 2012. O evento contou com a participação de diversos professores da Educação Básica, graduandos e professores de diversas universidades, e serviu como um grande espaço para a divulgação das ações desenvolvidas junto ao Grupo de Estudos Interdisciplinares Arte e Matemática – GEIAM, bem como favoreceu diversas trocas  compartilhamento de idéias entre os participantes.

Equipe do Projeto Arte e Matemática/GEIAM, vinculado ao IMEF, participa da formação continuada com professores a convite da 18ª CRE. Apresentando as ações do grupo para cerca de 200 professores do currículo na tarde do dia 17 de julho, o GEIAM assumiu um novo desafio, o de apresentar propostas voltadas para as séries iniciais do Ensino Fundamental. Um trabalho novo e desafiador, foi assim o que os componentes do grupo definiram para tal missão, pois não estávamos acostumados a preparar atividades voltadas para este público. Na oportunidade, a fala intitulada “Arte e Matemática: possibilidades interdisciplinares para a alfabetização matemática”, apresentada por Tiago Dziekaniak Figueiredo e Vanessa Silva da Luz aos professores foi ao encontro de mostrar diversas possibilidades para trabalho interdisciplinar envolvendo as áreas de Arte e Matemática, na perspectiva de contemplação de outras áreas do saber e que compõe o currículo escolar. Após este encontro, assumimos o compromisso de planejar e estudar sobre o trabalho voltado para esta etapa de formação, apontando a necessidade de iniciar um trabalho com esta temática já nos primeiros anos de escola.

Equipe do projeto Arte e Matemática/Grupo de Estudos Interdisciplinares Arte e Matemática – GEIAM, vinculado ao IMEF, participaram nos dias 13 e 14 de julho do XI Encontro Sobre Investigação na Escola. A comitiva do projeto composta por 8 integrantes apresentou ao todo 7 trabalhos que relatam as experiências vividas durante o ano de 2011 referente as ações do projeto nas escolas da rede pública de Rio Grande.

Os trabalhos intitulados “Projeto Arte e Matemática: possibilidades interdisciplinares no ambiente educativo”, “Reflexões e reconstruções a partir da prática interdisciplinar”, “A experiência de licenciandos no projeto Arte e Matemática”, “Vivenciando a prática”, “Aprendizagens no contexto do projeto Arte e Matemática”, “Arte e Matemática: uma experiência interdisciplinar” e “A interdisciplinaridade ajudando a complementar o ensino escolar”, cujo tema central é a interdisciplinaridade foram discutidos em grande estilo, e as idéias compartilhadas poderão (re)significar as práticas pedagógicas.

A equipe retorna de Bagé, com o objetivo reforçado, buscando cada vez mais criar espaços de discussão entre a formação inicial e continuada de professores por meios de situações de aprendizagens dinâmicas e contextualizadas.